terça-feira, 10 de janeiro de 2017

NÃO POR FORÇA, NEM POR VIOLÊNCIA

NÃO POR FORÇA, NEM POR VIOLÊNCIA
Leia pouco e aprenda muito



Ninguém deve se impor a ninguém. Deus não obriga ninguém a ir para o céu. Há o livre arbítrio. Você não é obrigado a aceitar Jesus, mas não está isento da consequência da tua escolha. Jesus nos ensina que devemos amar até mesmo aos nossos inimigos e os que nos perseguem:
Ouvistes que foi dito: “Amarás ao teu próximo, e odiarás ao teu inimigo.”Eu, porém, vos digo: Amai aos vossos inimigos, e orai pelos que vos perseguem; para que vos torneis filhos do vosso Pai que está nos céus; porque ele faz nascer o seu sol sobre maus e bons, e faz chover sobre justos e injustos. Pois, se amardes aos que vos amam, que recompensa tereis? Não fazem os publicanos também o mesmo? E, se saudardes somente os vossos irmãos, que fazeis demais? Não fazem os gentios também o mesmo? Sede vós, pois, perfeitos, como é perfeito o vosso Pai celestial. (Mateus 5:43-48)
Ora, se devemos amar a todos, obviamente não devemos e não podemos impor a nossa fé a ninguém. Já no antigo testamento o anjo do Senhor falava através do profeta Zacarias a Zorobabel que não é por força nem por violência, mas pelo Espírito de Deus. Zorobabel foi um dos ancestrais de Jesus (Mt. 1:12). Esta foi mais uma profecia acerca do Messias:
Ora o anjo que falava comigo voltou, e me despertou, como a um homem que é despertado do seu sono; e me perguntou: Que vês? Respondi: Olho, e eis um castiçal todo de ouro, e um vaso de azeite em cima, com sete lâmpadas, e há sete canudos que se unem às lâmpadas que estão em cima dele; e junto a ele há duas oliveiras, uma à direita do vaso de azeite, e outra à sua esquerda. Então perguntei ao anjo que falava comigo: Meu senhor, que é isso? Respondeu-me o anjo que falava comigo, e me disse: Não sabes tu o que isso é? E eu disse: Não, meu senhor. Ele me respondeu, dizendo: Esta é a palavra do Senhor a Zorobabel, dizendo: Não por força nem por violência, mas pelo meu Espírito, diz o Senhor dos exércitos. Quem és tu, ó monte grande? Diante de Zorobabel tornar-te-ás uma campina; e ele trará a pedra angular com aclamações: Graça, graça a ela. (Zacarias 4:1-7)
Ainda no Velho Testamento lemos no livro de Provérbios:
Se o teu inimigo tiver fome, dá-lhe pão para comer, e se tiver sede, dá-lhe água para beber; porque assim lhe amontoarás brasas sobre a cabeça, e o Senhor te recompensará. (Provérbios 25:21-22)
Além de Deus não punir a Caim em vida, proibiu que qualquer um o fizesse:
E disse o Senhor a Caim: Onde está Abel, teu irmão? E ele disse: Não sei; sou eu guardador do meu irmão? E disse Deus: Que fizeste? A voz do sangue do teu irmão clama a mim desde a terra. E agora maldito és tu desde a terra, que abriu a sua boca para receber da tua mão o sangue do teu irmão. Quando lavrares a terra, não te dará mais a sua força; fugitivo e vagabundo serás na terra. Então disse Caim ao Senhor: É maior a minha maldade que a que possa ser perdoada. Eis que hoje me lanças da face da terra, e da tua face me esconderei; e serei fugitivo e vagabundo na terra, e será que todo aquele que me achar, me matará. O Senhor, porém, disse-lhe: Portanto qualquer que matar a Caim, sete vezes será castigado. E pôs o Senhor um sinal em Caim, para que o não ferisse qualquer que o achasse. (Gênesis 4:9-15)

Desta feita, o exército sírio ao perseguir Eliseu foi entregue nas mãos do rei de Israel sem que precisasse levantar uma arma, cumprindo o que diz em provérbios 25:21-22:
Quando os sírios desceram a ele, Eliseu orou ao Senhor, e disse: Fere de cegueira esta gente, peço-te. E o Senhor os feriu de cegueira, conforme o pedido de Eliseu. Então Eliseu lhes disse: Não é este o caminho, nem é esta a cidade; segui-me, e guiar-vos-ei ao homem que buscais. E os guiou a Samaria. E sucedeu que, chegando eles a Samaria, disse Eliseu: Ó Senhor, abre a estes os olhos para que vejam. O Senhor lhes abriu os olhos, e viram; e eis que estavam no meio de Samaria. Quando o rei de Israel os viu, disse a Eliseu: Feri-los-ei, feri-los-ei, meu pai? Respondeu ele: Não os ferirás; feririas tu os que tomasses prisioneiros com a tua espada e com o teu arco? Põe-lhes diante pão e água, para que comam e bebam, e se vão para seu senhor. Preparou-lhes, pois, um grande banquete; e eles comeram e beberam; então ele os despediu, e foram para seu senhor. E as tropas dos sírios desistiram de invadir a terra de Israel. (2 Reis 6:18-23)
Paulo de Tarso nos exorta também citando o Velho Testamento:
Não vos vingueis a vós mesmos, amados, mas dai lugar à ira de Deus, porque está escrito: “Minha é a vingança, eu retribuirei, diz o Senhor.” “Antes, se o teu inimigo tiver fome, dá-lhe de comer; se tiver sede, dá-lhe de beber; porque, fazendo isto amontoarás brasas de fogo sobre a sua cabeça.”Não te deixes vencer do mal, mas vence o mal com o bem. (Romanos 12:19-21)
Mais uma vez Paulo de Tarso nos exorta ao amor:
A ninguém devais coisa alguma, senão o amor recíproco; pois quem ama ao próximo tem cumprido a lei. Com efeito: Não adulterarás; não matarás; não furtarás; não cobiçarás; e se há algum outro mandamento, tudo nesta palavra se resume: Amarás ao teu próximo como a ti mesmo. O amor não faz mal ao próximo. De modo que o amor é o cumprimento da lei. (Romanos 13:8-10)
Assim sendo, devemos amar a todos. Desejando que todos alcancem a salvação, se possível; embora, sabendo que, infelizmente, nem todos são de salvação. A salvação também é um milagre, pois somente o Espírito Santo consegue convencer sem precisar de violência nem imposição. Há também os que se convertem mas Deus logo os leva, pois não conseguiriam passar por provações. Por isso não se desespere se o teu ente querido ainda não se converteu, pois tudo tem o seu tempo e o seu propósito. Deus também é o Senhor do tempo.

Deus abençoe,
R. S. Chaves






sexta-feira, 23 de dezembro de 2016

O NATAL

O NATAL
Leia pouco e aprenda muito


O nascimento de Jesus foi o acontecimento mais esperado pelo povo de Israel. Acerca disso foi profetizado desde o livro de Gênesis até Malaquias. Poucos foram os que reconheceram e aceitaram a sua vinda, mas isto foi da vontade do Pai, para que a salvação fosse ofertada a todos os povos e não somente aos descendentes de Israel.
Atualmente para alcançar a salvação não é mais necessário ser israelita, basta reconhecer que Jesus é o Messias de Israel e aceitá-lo como único e suficiente salvador.
Ora, o nascimento de Jesus Cristo foi assim: Estando Maria, sua mãe, desposada com José, antes de se ajuntarem, ela se achou ter concebido do Espírito Santo. E como José, seu esposo, era justo, e não a queria infamar, intentou deixá-la secretamente. E, projetando ele isso, eis que em sonho lhe apareceu um anjo do Senhor, dizendo: José, filho de Davi, não temas receber a Maria, tua mulher, pois o que nela se gerou é do Espírito Santo; ela dará à luz um filho, a quem chamarás Jesus; porque ele salvará o seu povo dos seus pecados. Ora, tudo isso aconteceu para que se cumprisse o que fora dito da parte do Senhor pelo profeta: “Eis que a virgem conceberá e dará à luz um filho, o qual será chamado EMANUEL, que traduzido é: Deus conosco.” E José, tendo despertado do sono, fez como o anjo do Senhor lhe ordenara, e recebeu sua mulher; e não a conheceu enquanto ela não deu à luz um filho; e pôs-lhe o nome de Jesus. (Mateus 1:18-25)
Tendo, pois, nascido Jesus em Belém da Judeia, no tempo do rei Herodes, eis que vieram do oriente a Jerusalém uns magos que perguntavam: Onde está aquele que é nascido rei dos judeus? Pois do oriente vimos a sua estrela e viemos adorá-lo. O rei Herodes, ouvindo isso, perturbou-se, e com ele toda a Jerusalém; e, reunindo todos os principais sacerdotes e os escribas do povo, perguntava-lhes onde havia de nascer o Cristo. Responderam-lhe eles: Em Belém da Judeia; pois assim está escrito pelo profeta: “E tu, Belém, terra de Judá, de modo nenhum és a menor entre as principais cidades de Judá; porque de ti sairá o Guia que há de apascentar o meu povo de Israel.” Então Herodes chamou secretamente os magos, e deles inquiriu com precisão acerca do tempo em que a estrela aparecera; e enviando-os a Belém, disse-lhes: Ide, e perguntai diligentemente pelo menino; e, quando o achardes, participai-mo, para que também eu vá e o adore. Tendo eles, pois, ouvido o rei, partiram; e eis que a estrela que tinham visto quando no oriente ia adiante deles, até que, chegando, se deteve sobre o lugar onde estava o menino. Ao verem eles a estrela, regozijaram-se com grande alegria. E entrando na casa, viram o menino com Maria sua mãe e, prostrando-se, o adoraram; e abrindo os seus tesouros, ofertaram-lhe dádivas: ouro incenso e mirra. Ora, sendo por divina revelação avisados em sonhos para não voltarem a Herodes, regressaram à sua terra por outro caminho. E, havendo eles se retirado, eis que um anjo do Senhor apareceu a José em sonho, dizendo: Levanta-te, toma o menino e sua mãe, foge para o Egito, e ali fica até que eu te fale; porque Herodes há de procurar o menino para o matar. Levantou-se, pois, tomou de noite o menino e sua mãe, e partiu para o Egito. E lá ficou até a morte de Herodes, para que se cumprisse o que fora dito da parte do Senhor pelo profeta: “Do Egito chamei o meu Filho.” Então Herodes, vendo que fora iludido pelos magos, irou-se grandemente e mandou matar todos os meninos de dois anos para baixo que havia em Belém, e em todos os seus arredores, segundo o tempo que com precisão inquirira dos magos. Cumpriu-se então o que fora dito pelo profeta Jeremias: “Em Ramá se ouviu uma voz, lamentação e grande pranto: Raquel chorando os seus filhos, e não querendo ser consolada, porque eles já não existem.” Mas tendo morrido Herodes, eis que um anjo do Senhor apareceu em sonho a José no Egito, dizendo: Levanta-te, toma o menino e sua mãe e vai para a terra de Israel; porque já morreram os que procuravam a morte do menino. Então ele se levantou, tomou o menino e sua mãe e foi para a terra de Israel. Ouvindo, porém, que Arquelau reinava na Judeia em lugar de seu pai Herodes, temeu ir para lá; mas avisado em sonho por divina revelação, retirou-se para as regiões da Galileia, e foi habitar numa cidade chamada Nazaré; para que se cumprisse o que fora dito pelos profetas: “Ele será chamado nazareno.” (Mateus 2:1-23)
Se você ainda não aceitou Jesus Cristo como único e suficiente salvador da tua alma, faça-o sem perda de tempo e mude de vida. Dirija-se a uma igreja evangélica próxima a tua casa e seja abençoado pelo criador dos céus e da terra. Se você não tem condições de saúde para isso, peça uma visita do pastor na tua residência, e ele, se não puder ir pessoalmente, certamente enviará um obreiro de grande valor para orar por ti e pela tua família.
Seja um vencedor em Jesus.

Deus abençoe,
R. S. Chaves







sexta-feira, 16 de dezembro de 2016

A QUEM MAIS FOR DADO MAIS SERÁ EXIGIDO

A QUEM MAIS FOR DADO MAIS SERÁ EXIGIDO
Leia pouco e aprenda muito


Recebeu um cargo na igreja? Dedique-se, e Deus te recompensará. Cuidado! Não queira cargos somente para status. A quem mais for dado mais será exigido. Recebeu um dom do Espírito Santo? Use-o. Os dons são para edificação da igreja. Se você tem cargo na igreja do Senhor e não se dedica, Deus pode requerer de ti.

Meus irmãos, não sejais muitos de vós mestres, sabendo que receberemos um juízo mais severo. (Tiago 3:1)
Todos nós somos predestinados a uma obra na igreja do Senhor. No hino 93 da Harpa Cristã lemos:

“Para cada crente, o Mestre preparou um trabalho certo, quando o resgatou.”
Jesus nos ensina através da parábola dos talentos:

Porque é assim como um homem que, ausentando-se do país, chamou os seus servos e lhes entregou os seus bens: a um deu cinco talentos, a outro dois, e a outro um, a cada um segundo a sua capacidade; e seguiu viagem. O que recebera cinco talentos foi imediatamente negociar com eles, e ganhou outros cinco; da mesma sorte, o que recebera dois ganhou outros dois; mas o que recebera um foi e cavou na terra e escondeu o dinheiro do seu senhor. Ora, depois de muito tempo veio o senhor daqueles servos, e fez contas com eles. Então chegando o que recebera cinco talentos, apresentou-lhe outros cinco talentos, dizendo: Senhor, entregaste-me cinco talentos; eis aqui outros cinco que ganhei. Disse-lhe o seu senhor: Muito bem, servo bom e fiel; sobre o pouco foste fiel, sobre muito te colocarei; entra no gozo do teu senhor. Chegando também o que recebera dois talentos, disse: Senhor, entregaste-me dois talentos; eis aqui outros dois que ganhei. Disse-lhe o seu senhor: Muito bem, servo bom e fiel; sobre o pouco foste fiel, sobre muito te colocarei; entra no gozo do teu senhor. Chegando por fim o que recebera um talento, disse: Senhor, eu te conhecia, que és um homem duro, que ceifas onde não semeaste, e recolhes onde não joeiraste; e, atemorizado, fui esconder na terra o teu talento; eis aqui tens o que é teu. Ao que lhe respondeu o seu senhor: Servo mau e preguiçoso, sabias que ceifo onde não semeei, e recolho onde não joeirei? Devias então entregar o meu dinheiro aos banqueiros e, vindo eu, tê-lo-ia recebido com juros. Tirai-lhe, pois, o talento e dai ao que tem os dez talentos. Porque a todo o que tem, dar-se-lhe-á, e terá em abundância; mas ao que não tem, até aquilo que tem ser-lhe-á tirado. E lançai o servo inútil nas trevas exteriores; ali haverá choro e ranger de dentes. Quando, pois vier o Filho do homem na sua glória, e todos os anjos com ele, então se assentará no trono da sua glória; e diante dele serão reunidas todas as nações; e ele separará uns dos outros, como o pastor separa as ovelhas dos cabritos; e porá as ovelhas à sua direita, mas os cabritos à esquerda. Então dirá o Rei aos que estiverem à sua direita: Vinde, benditos de meu Pai. Possuí por herança o reino que vos está preparado desde a fundação do mundo; porque tive fome, e me destes de comer; tive sede, e me destes de beber; era forasteiro, e me acolhestes; estava nu, e me vestistes; adoeci, e me visitastes; estava na prisão e fostes ver-me. Então os justos lhe perguntarão: Senhor, quando te vimos com fome, e te demos de comer? Ou com sede, e te demos de beber? Quando te vimos forasteiro, e te acolhemos? Ou nu, e te vestimos? Quando te vimos enfermo, ou na prisão, e fomos visitar-te? E responder-lhes-á o Rei: Em verdade vos digo que, sempre que o fizestes a um destes meus irmãos, mesmo dos mais pequeninos, a mim o fizestes. Então dirá também aos que estiverem à sua esquerda: Apartai-vos de mim, malditos, para o fogo eterno, preparado para o Diabo e seus anjos; porque tive fome, e não me destes de comer; tive sede, e não me destes de beber; era forasteiro, e não me acolhestes; estava nu, e não me vestistes; enfermo, e na prisão, e não me visitastes. Então também estes perguntarão: Senhor, quando te vimos com fome, ou com sede, ou forasteiro, ou nu, ou enfermo, ou na prisão, e não te servimos? Ao que lhes responderá: Em verdade vos digo que, sempre que o deixaste de fazer a um destes mais pequeninos, deixastes de o fazer a mim. E irão eles para o castigo eterno, mas os justos para a vida eterna. (Mateus 25:14-46)
Como vemos aqui, Jesus exige que nos coloquemos ao seu serviço. No Velho Testamento o Senhor já advertia:

Livra os que estão sendo levados à morte, detém os que vão tropeçando para a matança. Se disseres: Eis que não o sabemos; porventura aquele que pesa os corações não o percebe? E aquele que guarda a tua vida não o sabe? E não retribuirá a cada um conforme a sua obra? (Provérbios 24:11-12)
Nós sabemos que quem não recebe Jesus como salvador irá para a segunda morte. Por isso temos a obrigação de tentar avisar as pessoas acerca desse perigo. Nem por isso devemos nos desesperar, pois há tempo para tudo. Mas quando somos chamados para a obra do Senhor não podemos recusar. Lembre-se: Jesus não chama os capacitados. Ele capacita os escolhidos.
A igreja precisa de todos: Pastores, mestres, porteiros, cantores, profetas, diáconos, etc. Mesmo quem não tem cargo na igreja Deus requer oração intercessória nas madrugadas. Por isso dedique-se a missão que Deus te chamou, seja lá qual for. Use os teus talentos na obra do Senhor.

Deus abençoe,
R. S. Chaves






quinta-feira, 15 de dezembro de 2016

MELHOR É DAR DO QUE RECEBER

MELHOR É DAR DO QUE RECEBER
Leia pouco e aprenda muito


Se alguém dá é porque tem, pois ninguém dá o que não tem. E com certeza é melhor dar do que receber.

Em tudo vos dei o exemplo de que assim trabalhando, é necessário socorrer os enfermos, recordando as palavras do Senhor Jesus, porquanto ele mesmo disse:
Coisa mais bem-aventurada é dar do que receber.” (Atos 20:35)
O que se compadece do pobre empresta ao Senhor, que lhe retribuirá o seu benefício.(Provérbios 19:17)
Dá a quem te pedir, e não voltes as costas ao que quiser que lhe emprestes. (Mateus 5:42)
Aquele, pois, que sabe fazer o bem e não o faz, comete pecado. (Tiago 4:17)
Não deixes de fazer bem a quem o merece, estando em tuas mãos a capacidade de fazê-lo. (Provérbios 3:27)
Então dirá o Rei aos que estiverem à sua direita: Vinde, benditos de meu Pai. Possuí por herança o reino que vos está preparado desde a fundação do mundo; porque tive fome, e me destes de comer; tive sede, e me destes de beber; era forasteiro, e me acolhestes; estava nu, e me vestistes; adoeci, e me visitastes; estava na prisão e fostes ver-me. Então os justos lhe perguntarão: Senhor, quando te vimos com fome, e te demos de comer? Ou com sede, e te demos de beber? Quando te vimos forasteiro, e te acolhemos? Ou nu, e te vestimos? Quando te vimos enfermo, ou na prisão, e fomos visitar-te? E responder-lhes-á o Rei: Em verdade vos digo que, sempre que o fizestes a um destes meus irmãos, mesmo dos mais pequeninos, a mim o fizestes. (Mateus 25:34-40)

Se teu irmão precisa de peixe, você pode dar, se o tiver. Mas é muito melhor você, além de dar o peixe naquele momento de necessidade, ensiná-lo a pescar, pois não precisará mais de você. Entretanto se você não puder ensiná-lo a pescar, ore por ele para que Deus chegue em sua vida com providência. No momento de necessidade não deixe de ajudar a quem precisa, se puder. Lembre-se: Deus terá misericórdia de quem tiver misericórdia.

Mas aquele que beber da água que eu lhe der nunca terá sede; pelo contrário, a água que eu lhe der se fará nele uma fonte de água que jorre para a vida eterna. (João 4:14)
Declarou-lhes Jesus. Eu sou o pão da vida; aquele que vem a mim, de modo algum terá fome, e quem crê em mim jamais terá sede. (João 6:35)

Quando o pastor da igreja pedir ajuda para os necessitados, não o negue, se puder ajudar, ajude. Se não puder ajudar financeiramente, ajude espiritualmente, em oração. Ponha-se no lugar de quem está precisando. Faça aos outros o que gostaria que fizessem a você.
Não se pode negar pão nem água a ninguém. Jesus é o pão da vida. A palavra de Deus é água. Jesus é a palavra. Jesus é pão e água. Jesus é a fonte da vida eterna.

Deus abençoe,

R. S. Chaves




quinta-feira, 8 de dezembro de 2016

AME TEUS VIZINHOS

AME TEUS VIZINHOS
Leia pouco e aprenda muito


Não pense que haverá plena paz no bairro em que tu vieres a morar. O inimigo sempre levanta alguém ao nosso redor para nos atacar. Não precisa motivo, basta ser crente.

NÃO IRRITE OS TEUS VIZINHOS

Não queira impor o evangelho a ninguém. Evite colocar hinos altos para que os vizinhos ouçam, pois isso apenas fará com que eles se irritem e passem a te atacar com mais afinco. Além do desejo do inimigo isso vai mexer com o ego deles e fará com que eles se esforcem grandemente para te destruir. Coloque os hinos numa altura agradável e os teus vizinhos vão ficar curiosos com o que você está ouvindo e vão até prestar atenção na mensagem. Seja simpático e prestativo com os teus vizinhos, cumprimentando-os sempre, mas não se deixe ficar muito íntimo.
Não abandones o teu amigo, nem o amigo de teu pai; nem entres na casa de teu irmão no dia de tua adversidade. Mais vale um vizinho que está perto do que um irmão que está longe. (Provérbios 27:10)
A GALINHA DO VIZINHO BOTA OVO AMARELINHO

Este ditado referente a inveja é antigo. A inveja é terrível. Mesmo que você ache que não tem nada para ser invejado sempre há um motivo: O teu sorriso, a tua alegria, o teu semblante, etc. O ser humano tem tendência a ser invejoso e o inimigo amplifica esse sentimento grandemente induzindo-o a destruir a vida do invejado.

Também vi eu que todo o trabalho, e toda a destreza em obras, traz ao homem a inveja do seu próximo. Também isto é vaidade e aflição de espírito. (Eclesiastes 4:4)
O coração tranquilo é a vida da carne; a inveja, porém, é a podridão dos ossos. (Provérbios 14:30)
VIGIE

Cuidado com os presentes. Lembre-se da história da Branca de Neve com a maçã enfeitiçada. Receba de bom grado, agradeça, mas não coma.

AME

Devemos amar a todos, inclusive os nossos inimigos e perseguidores. Devemos orar por eles, não desejando o seu mal, mas entregá-los nas mãos de Deus para que ele faça a sua vontade.
Eu, porém, vos digo: Amai aos vossos inimigos, e orai pelos que vos perseguem; para que vos torneis filhos do vosso Pai que está nos céus; porque ele faz nascer o seu sol sobre maus e bons, e faz chover sobre justos e injustos. Pois, se amardes aos que vos amam, que recompensa tereis? Não fazem os publicanos também o mesmo? (Mateus 5:44-46)
Embora desejando que todos se convertam, nem todos são de salvação. Há também os que se convertem e Deus logo os leva para que não se percam. Por isso apresente todos os teus perseguidores ao Senhor nas tuas orações e deixe que ele faça o melhor para ti. Confie nele e ele tudo fará.

Deus abençoe,
R. S. Chaves






quarta-feira, 7 de dezembro de 2016

NÃO JULGUEIS, PARA QUE NÃO SEJAIS JULGADOS

NÃO JULGUEIS, PARA QUE NÃO SEJAIS JULGADOS
Leia pouco e aprenda muito



Cuidado irmão! Jesus é o verdadeiro Pastor. Há pessoas na igreja que não conseguem parar de pecar pois ainda não estão totalmente libertos. Lembre-se que não estamos lutando contra a carne, mas contra as potestades do mal. Há algumas maldições que têm que ser tratadas com especial cuidado. Quem nos dá a fórmula correta é o Espírito Santo. Nem todos os que aceitam Jesus têm a libertação completa no momento em que o aceitam.
Não julgueis, para que não sejais julgados. Porque com o juízo com que julgais, sereis julgados; e com a medida com que medis vos medirão a vós. E por que vês o argueiro no olho do teu irmão, e não reparas na trave que está no teu olho? Ou como dirás a teu irmão: Deixa-me tirar o argueiro do teu olho, quando tens a trave no teu? Hipócrita! Tira primeiro a trave do teu olho; e então verás bem para tirar o argueiro do olho do teu irmão. (Mateus 7:1-5)
Nem todo o que me diz: Senhor, Senhor! Entrará no reino dos céus, mas aquele que faz a vontade de meu Pai, que está nos céus. Muitos me dirão naquele dia: Senhor, Senhor, não profetizamos nós em teu nome? E em teu nome não expulsamos demônios? E em teu nome não fizemos muitos milagres? Então lhes direi claramente: Nunca vos conheci; apartai-vos de mim, vós que praticais a iniquidade. (Mateus 7:21-23)
Quem está alertando sobre julgamento é o Pastor dos pastores. Se uma ovelha está doente o pastor não a expulsa do rebanho, o bom pastor cuida dela. Jesus não expulsou Judas Iscariotes, mesmo sabendo que estava em pecado. Jesus também diz:

Deixai crescer ambos juntos até a ceifa; e, por ocasião da ceifa, direi aos ceifeiros: Ajuntai primeiro o joio, e atai-o em molhos para o queimar; o trigo, porém, recolhei-o no meu celeiro. (Mateus 13:30)
Todo o que o Pai me dá virá a mim; e o que vem a mim de maneira nenhuma o lançarei fora. (João 6:37)
Onde está a misericórdia? Onde está o amor? Há quem queira expulsar um membro por ter ido à praia, ou por alguém ter dito que o viu tomar um copo de cerveja. Cuidado! Nem sempre as coisas são o que parecem. Quantas almas já se perderam por tão pouco. Devemos ser pescadores de almas, não caçadores.

Deus abençoe,
R. S. Chaves





terça-feira, 6 de dezembro de 2016

VOLTOU… SE CONFESSE

VOLTOU… SE CONFESSE


Quem já foi evangélico e retorna para Jesus não é mais novo convertido. Todos os pecados praticados durante o afastamento devem ser confessados para Deus. Se você não se lembra de tudo, peça a ele para te lembrar. Isto é muito importante, pois pecado praticado e não confessado não alcança o perdão de Deus. Consequentemente o crente irá para o julgamento junto com os ímpios.
Mas tu, quando orares, entra no teu quarto e, fechando a porta, ora a teu Pai que está em secreto; e teu Pai, que vê em secreto, te recompensará. (Mateus 6:6)
Os pecados devem ser confessados para Deus. Peça perdão de todos os pecados somente para Deus. Se pecou contra alguém em particular, em particular peça perdão para ele. Se pecou contra a igreja, somente aquele pecado deve ser pedido perdão para a igreja.
Eu, porém, vos digo que todo aquele que se encolerizar contra seu irmão, será réu de juízo; e quem disser a seu irmão: Raca, será réu diante do sinédrio; e quem lhe disser: tolo, será réu do fogo do inferno. Portanto, se estiveres apresentando a tua oferta no altar, e aí te lembrares de que teu irmão tem alguma coisa contra ti, deixa ali diante do altar a tua oferta, e vai conciliar-te primeiro com teu irmão, e depois vem apresentar a tua oferta. Concilia-te depressa com o teu adversário, enquanto estás no caminho com ele; para que não aconteça que o adversário te entregue ao guarda, e sejas lançado na prisão. Em verdade te digo que de maneira nenhuma sairás dali enquanto não pagares o último ceitil. (Mateus 5:22-26)
Está doente algum de vós? Chame os anciãos da igreja, e estes orem sobre ele, ungido-o com óleo em nome do Senhor; e a oração da fé salvará o doente, e o Senhor o levantará; e, se houver cometido pecados, ser-lhe-ão perdoados. Confessai, portanto, os vossos pecados uns aos outros, e orai uns pelos outros, para serdes curados. A súplica de um justo pode muito na sua atuação. (Tiago 5:14-16)

Não basta voltar para a igreja. Você tem que confessar todos os pecados. Mas cuidado, não exponha toda a tua vida aos irmãos. Reconcilie-se com Deus. Tenha paz com ele. Tenha a certeza da salvação no teu coração. Se tiver dúvidas, Deus é fiel amigo para te responder. Seja feliz com Jesus.

Deus abençoe,
R. S. Chaves